domingo, 23 de novembro de 2014

Bolsa de leitura em tecido TNT - Eba!

A leitura precisa estimulada de todas as maneiras possíveis e desde cedo.  Afinal, quem lê mais também aprende mais. Incentivar os pequeninos para que adquiram o hábito de leitura é fácil quando se tem boas obras literárias. 
Toda criança gosta de boas histórias. 
É claro que isso deve acontecer de forma saudável e não através de opressão.
Mas, para que a leitura alcance um grau a mais, nada melhor que possibilitar que a criança leve para casa obras literárias interessantes. Infelizmente nas duas escolas em que eu trabalho não há bibliotecários. Que pena! A biblioteca seria melhor utilizada.
Bem, é importante salientar que a família é uma parte muito importante nesse processo. 
Mas, não é sempre que os professores encontram familiares dispostos a ajudar. 
É uma lástima mesmo!
Oportunidades devem ser dadas as crianças independente disso. Não podemos desanimar e nem deixar as crianças que sofrem descaso dos familiares de fora deste trabalho.

Por essas e outras razões estou apresentando o formato de leitura em casa que utilizei este ano.
Esse mesmo trabalho darei continuidade no próximo ano, visto que permanecerei com as mesmas turmas, só que no 2º ano. É que geralmente faço acompanhamento de turmas por dois anos. Adoro!!!

Então, vamos lá!

Várias colegas de trabalho me perguntaram como fiz a bolsa de leitura. Esse é o motivo da escolha dessa postagem.

Vamos a todo o passo a passo.

* Buscar obras literárias interessantes. 
Utilizei as que pedi na lista de materiais no início do ano e algumas que comprei por conta própria. São livrinhos literários e histórias em quadrinhos. A quantidade varia de acordo com a quantidade de alunos, acrescidos mais ou menos de uns três. 
Não utilizo obras da escola, para que no caso de um aluno perder, eu não venha a me aborrecer. 
Fácil assim!
Só arruma problema quem quer, portanto preciso viver mais e meus familiares precisam muito de mim. 
Então, pensem também em sua qualidade de vida. Viu?
As obras que recebi, em caixas, pela escola, utilizo no cantinho de leitura na sala de aula e também nas leituras compartilhadas. 

* Apostila de relatório do trabalho literário.
Como essa apostila facilita meu trabalho! 
É tudo de bom! 
Com as imagens abaixo espero que compreendam. Em caso de dúvidas, é só perguntar.


Capa para organização da apostila.



Registro de livros e avaliação do aluno.


O relatório acima é a parte mais importante da apostila. Nela são dispostos os nomes dos alunos e das obras que serão utilizadas. Cada obra recebe um número nesta folha e também em sua capa. Assim, na hora de marcar a obra que o aluno levará, basta seguir o número na capa, isso agilizará todo o trabalho. Essa marcação será feita com lápis grafite, para que depois, na hora da devolução, ela possa ser apagada de modo a receber a cor relacionada ao desempenho do aluno. Basta seguir a legenda.


Registro mais aprofundado do Projeto.


Esse é o detalhamento do trabalho semanal. Deve ser preenchida uma folha por semana. Demais observações são escritas atrás da folha, que também é onde colo a atividade que os alunos levarão. Isso, para que no caso de alguma dúvida, eu possa facilmente identificar o que foi feito. Afinal, devemos estar preparados para qualquer eventualidade.
Nesse sentido, torna-se necessário verificar antes de iniciar esse trabalho a quantidade de finais de semana que serão utilizados. Isso para que se providencie corretamente a quantidade de cópias, de modo a evitar desordem e desperdício.

* Preparando a bolsa.

Decidi fazer uma bolsa de leitura para cada aluno. Compreendam que fiz por que quis e não por que alguém me obrigou. Isso é muito importante dizer para que não seja entendido de forma errônea. Adoro fazer artesanato. Só que de maneira bem simples. 
Aos que se interessarem em executar um trabalho parecido, mas que consideram trabalhoso preparar a bolsa sugiro decorar uma pasta plástica para folhas ofício 2.

Passo a passo da bolsa de leitura:

1 -  Medidas da bolsa.



Foi utilizado tecido TNT. 
Fiz dobraduras de modo a cortar 8 partes do tecido por vez. Quatro cortes foram suficientes em cada escola. Afinal, tenho quase 60 alunos. Preciso agilizar o trabalho. 
Não utilizei meu lar para executar esse trabalho e sim planejamentos na escola. Basta fazer com bastante antecipação de modo a não prejudicar o planejamento das aulas. 
Para cortar tudinho usei dois planejamentos de 50 minutos cada um.


2 - Medidas da alça.







Fiz da mesma forma como na bolsa. Cortando com tesoura amolada e grande, várias partes ao mesmo tempo. O tecido não é difícil de cortar, mesmo dobrando-o algumas vezes. Foi bem rápido. Como já informei utilizei dois planejamentos para cortar tudinho e mais dois para as colagens. 



3 - Apliques para ornamentar a bolsa.
     A sugestão é um sapinho para os meninos e uma sapinha para as meninas. Foi escolhido esse animal por duas razões: por que é muito fácil de fazer, visto que eram muitas bolsas para preparar, e por que trabalhamos o poema Sapo enfeitiçado de autoria de Elias José. Há uma postagem aqui no Blog sobre esse poema.



Aplique do Sapo:






Geralmente utilizo tinta de tecido para colorir os olhos em preto e branco. Mas, encontrei esta caneta com tinta de tecido. Muito prática, mas não sei ainda como abastecê-la. Em todo caso, não fico sem meus pinceis e potinhos de tinta. Dura bastante tempo.











Utilizei EVA decorado e comum. Não comprei nada. As escolas providenciaram todo o material para eu usar.


Risco do sapinho ou sapinha


4 - Materiais separados, agora é só montar.




 5 - Preparando a bolsa.







Fundo da bolsa


Dobrar e colar duas vezes para ficar com o fundo bem resistente.


Desvirar o avesso da bolsa e colar o fundo novamente para concluir. Isso com muito cuidado para não aparecer a cola.



Viu? Ficou bem fechadinho.


Agora, são as alças. Coladas em gotas generosas. Largura de dois dedinhos. Dobrada duas vezes para ficar mais resistente.








Repetir o mesmo procedimento do outro lado da bolsa.




Agora é só colar as laterais e partes não coladas na dobradura das alças.





Bolsa pronta. Super fácil de fazer.



Ornamentando a bolsa.





Só colar os apliques agora.




Se preferir, pode-se colar os apliques mais abaixo da bolsa de modo a colar letras de identificação do trabalho ou mesmo o nome dos alunos. Eu preferi por colocar o nome das crianças na parte interna da bolsa.
As cores de bolsas roxas para os meninos ficaram legais. Ao invés do detalhe em vermelho, coloquei EVA decorado verde, como o dos olhos.
Meus alunos já utilizam esta bolsa há várias semanas e nenhuma estragou por eu ter usado cola de silicone ao invés de costura. 
Aliás, costurado ficaria um trabalho muito caro, pois precisaria de uma costureira. 
Sabe como é, não tenho esse talento.

6 - Bilhete para os familiares que não apoiam o trabalho ou apoiam em partes. 
É só colar. 
É mais fácil, afinal recolher os livros, corrigir, pintar o relatório de livros e preencher o de informações da semana levam tempo e tudo precisa estar em ordem para não acumular trabalho. Com organização dá tudo certo.





7 - Reunião com familiares.

Realizei uma reunião com os familiares antes de iniciar o trabalho de leitura em casa. Para que eles conheçam o trabalho e apoiem suas crianças. As regras também lhes foram informadas.


Afirmo que não utilizo mala volante em que apenas um aluno leva material por semana. 
Nesse trabalho todos os alunos participam.

Mais uma coisa. Delegar é muito importante:
- Um aluno é responsável, nas sextas feiras de expor as obras no quadro para os alunos já começarem a visualizar seus favoritos para a semana. Este mesmo aluno recolhe as obras que sobraram e os guardam no devido lugar no armário. Enquanto isso, registro as escolhas dos alunos na folha de livros.
- Outro aluno pega no armário e entrega as Bolsas de Leitura aos alunos presentes. As bolsas que sobrarem voltam para o mesmo lugar.
- Mais um aluno pega comigo e entrega a todos os alunos a atividade da semana. Enquanto isso acompanho o trabalho observando se todos estão guardando os materiais na bolsa para não perderem.


8 - A atividade da Bolsa de Leitura.

Segue modelo abaixo:




Por enquanto é isso. 
Qualquer dúvida ou sugestão, é só deixá-la nos comentários.
Vou adorar lê-lo.

Grande abraço,
Rosângela.


6 comentários:

  1. Parabéns! Excelente trabalho. Quem quer faz! Vou levar esta publicação para o Linguagem e Afins com os devidos créditos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Krika!
      Estou muito feliz com sua presença aqui no Blog e por ter gostado desta postagem. Realmente foi feita com muito carinho. Agradeço imensamente a divulgação deste material em seu Blog e o carinho que me enviou. Aliás, seu Blog é um show. De excelente qualidade. Sempre que posso passo por lá.
      Grande abraço e volte sempre. Afinal você é sempre muito bem vinda.
      Rosângela.

      Excluir
  2. Olá Rosângela, adorei sua ideia e organização. Parabéns que Deus continue te iluminando! Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dayane!
      Muito obrigada pelo carinho. Fico muito feliz que tenha gostado. Tudo neste Blog é bem simples, mas feito de todo coração.
      Fique bem e volte sempre.
      Que Deus também abençoe sua vida e de toda a sua família.
      Grande abraço,
      Rosângela.

      Excluir

  3. Muito boa a ideia, irei desenvolver com minha turma este ano. Bjs e obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Edna!
      Que bom que gostou! Eu adorei executar esse trabalho.
      Funcionou muito bem e meus alunos adoraram.
      Fique bem a vontade aqui, afinal você é muito bem vinda.
      Bom trabalho, viu?
      Grande abraço,
      Rosângela.

      Excluir